Aposte na gestão enxuta e drible a crise!

Em outro post discutimos as vantagens da gestão enxuta para a sua empresa. Mas em épocas de crise, aplicar a metodologia  do pensamento enxuto – Lean Thinking – vai além de promover a melhoria contínua, trata-se de encontrar meios que assegurem a sobrevivência do seu negócio.

Como funciona a gestão enxuta

O Lean Manufacturing desenvolvido nos anos 70 pela Toyota tem como principal objetivo compreender quais atividades agregam mais valor para o cliente, elimando todas as outras que são desnecessárias para o processo produtivo. Desta forma, é possível reduzir os custos de produção sem afetar diretamente a qualidade do produto. Além disso, ao adotar o modelo de produção puxada, ou seja, de acordo com a demanda do cliente, trabalha-se com estoques mínimos diminuindo tanto a despesa com armazenamento, quanto perdas devido à produção excessiva.

Reduzir com sabedoria

Em tempos de incerteza econômica as empresas buscam enxugar sua estrutura para conter gastos e manter sua produção em um nível mínimo necessário. Porém, não bastasse a queda nas vendas, fazer cortes na estrutura sem planejamento algum pode impactar diretamente na qualidade do produto, comprometendo mais ainda o resultado da empresa. Portanto, antes de promover um downsizing do seu negócio verifique alguns itens que podem auxiliar na aplicação do Lean Management:

Encontrar as áreas de valor para o cliente dentro da sua empresa

Estes setores não podem sofrer redução no gastos e tão pouco no investimento, uma vez que são responsáveis pelo destaque do seu produto no mercado e, consequentemente, as vendas. Por exemplo, uma pizzaria que faz delivery não pode cortar custos com entrega, uma vez que o produto pode chegar em qualidade inferior ou tempo acima do prometido.

Analisar o fluxo do processo

Nem sempre os cortes devem ser de pessoal, algumas vezes falhas no processo produtivo é que aumentam os custos dos produtos, ou dificultam seu acesso por parte dos clientes. Para a pizzaria, definir padrões de produção ajudam a padronizar o produto, gerando controle maior do uso dos recursos.

Produzir somente sob demanda

Isto não significa diminuir a produção, mas realizá-la de acordo com a capacidade de absorção do mercado. Este último aspecto tem um impacto maior na redução de custos variáveis pois diminui o gasto com armazenamento de estoque em excesso, mão de obra extra e até despesas com vendas de produtos parados, como propaganda, por exemplo. Havendo dados sobre a quantidade de pizzas vendidas diariamente, o gestor pode programar melhor a compra da matéria prima, a alocação de pizzaiolos por dia e trabalhar com estoque mínimo.

Por que investir na gestão enxuta

Aplicar esta metodologia requer certo tempo que muitos gestores não dispoem, uma vez que estão resolvendo outros problemas gerados pela crise. Porém, esta é uma das poucas práticas que gera vantagens competitivas: no curto prazo, pela adaptação rápida de sua empresa às condições da crise; no médio prazo com a redução nos custos, garantindo resultados que ajudam na sobrevivência durante o tempo da instabilidade econômica, que é imprevisível; no longo prazo, através dos benefícios proporcionados que são perpétuos e podem ser aprimorados constantemente.

Outro motivo para aplicar o pensamento enxuto está no aumento da produtividade. A redução no custos dos produtos viabiliza a produção mais alinhada com a demanda prevista. Ou seja, o Lean Thinking propicia a fabricação e prestação de serviços em volumes maiores, bem como ajuda a diminuir seus riscos através da eficiência no uso dos recursos da empresa.

Em tempos de crise, infelizmente não existem saídas para a realização de cortes. Porém, antes de reduzir sua estrutura, é necessário planejar para não prejudicar o negócio. Neste caso, a gestão enxuta é a metodologia ideal para diminuir custos sem dimunir a sua lucratividade.

Quer aprender mais sobre o Lean Management? Deixe suas dúvidas no post. Acesse nosso site a descubra outras formas de lidar com a crise.

0 Comments

Leave a Comment